Impactos do trabalho de pesquisa colaborativo na formação e no desenvolvimento profissional de professores de Matemática no Projeto OBEDUC Núcleo UEPB

Autores

  • Abigail Fregni Lins

DOI:

https://doi.org/10.31639/rbpfp.v9i16.163
Abstract views: 323 / PDF downloads: 231

Palavras-chave:

OBEDUC, Educação Matemática, Pesquisa, Desenvolvimento Profissional, Formação de Professores

Resumo

O Programa OBEDUC da CAPES tem como meta fomentar estudos e pesquisas em educação que utilizem a infraestrutura disponível das instituições de educação superior e bases de dados existentes no INEP. Tem como objetivos proporcionar a articulação entre pós-graduação, licenciaturas e escolas de educação básica, estimular a produção acadêmica e a formação de recursos pós-graduados, em nível de mestrado e doutorado. Neste sentido, discutimos em nosso artigo resultados da aplicação de questionários, dos quais relatamos impactos do trabalho de pesquisa colaborativo na formação de dois dos oito graduandos e no desenvolvimento profissional de dois dos oito professores de Matemática inseridos no Projeto OBEDUC em rede Edital 2012 Núcleo UEPB nos últimos três anos. Foi de experiência única e enriquecedora aos professores em formação e em exercício terem tido a oportunidade de inserção ativa em um projeto envolvendo pesquisa na educação. Os resultados comprovam a vital importância de apoio governamental para recursos financeiros de ativida-des no desenvolvimento pré-profissional e profissional de professores, assim como recursos financeiros de atividades na pesquisa. Podemos afirmar fortemente que a implantação do Programa OBEDUC na CAPES provoca e problematiza novos rumos nas políticas educacionais de formação de professores e pesquisado-res de nosso país ao proporcionar interação e trabalho de forma conjunta, ao integrar alunos de graduação, de pós-graduação e professores em exercício em um mesmo projeto, em um mesmo processo, com um mesmo objetivo. Acreditamos que o Programa OBEDUC da CAPES se dá, e pode ser entendido, como uma área de estudo para políticas educacionais da educação superior de nosso país, tanto a nível graduação como a nível pós-graduação, como para o desenvolvimento profissional de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
 PlumX Metrics

Referências

BACHELARD, G. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. São Paulo: Contraponto Editora Ltda, 309f, 1996.

BIRD, T.; LITTLE, J. W. How schools organize the teaching occupation. The Elementary School Journal. V. 86, n. 4, pp. 493-512, 1986.

COCHRAN-SMITH, M.; LYTLE, S. Relationships of Knowledge and Practice: Teacher Learning in Communities. Review of Research in Education, Publicado por American Educational Research Association. V. 24, pp. 249-305, 1999.

FULLAN, Michael e HARGREAVES, Andy. A Escola como Organização Aprendente: bus-cando uma educação de qualidade. 2ª ed.. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

IBIAPINA, Ivana. M. L. M. Pesquisa Colaborativa: Investigação, Formação e Produção de Conhecimentos. Brasília: Líber Livro Editora, 2008.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 6ª ed. São Paulo: Editora Cortez, 2006

JAWORSKI, Barbara. Building and sustaining inquiry communities in mathematics teaching development: teachers and didacticians in collaboration. In: KRAINER, K. and WOOD, T. (orgs.).

The International Handbook of Mathematics Teacher Education volume 3: Participants in Mathematics Teacher Education: Individuals, Teams, Communities and Networks. Rotterdam: Sense Publishers, 2008.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34 Ltda, 231f, 1999.

LINS, A. F., PEREIRA, P. S. e CARVALHO, M. Collaborative research work project with teachers who teach mathematics at basic level education in the north east and center east Brazilian state schools. Anais do ICME13 13º International Congress on Mathematics Education (in press). Alemanha: Hamburgo, 2016a.

________________________________________. Impacto primeiro dos professores em exercí-cio membros do projeto de pesquisa colaborativo OBEDUC em rede. Anais do III CONEDU III Congresso Nacional em Educação (em impressão). Rio Grande do Norte: Natal, 2016b.

LÜDKE, M. A complexa relação entre o professor e a pesquisa. In: ANDRÉ, M. (Org.). O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. 5ª ed. Campinas: Papirus, pp. 27-54, 2006.

PEIXOTO, J. e CARVALHO, R. M. A. Os desafios de um trabalho colaborativo. Revista Educativa, PUC/Goiânia. V. 10, n. 2, pp. 191-210, 2007.

WAGNER, J. The unavoidable intervention of educational research: A framework for reconsid-ering research-practitioner cooperation. Educational Researcher. V. 26, n. 7, pp. 13–22, 1997.

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

LINS, A. F. Impactos do trabalho de pesquisa colaborativo na formação e no desenvolvimento profissional de professores de Matemática no Projeto OBEDUC Núcleo UEPB. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, [S. l.], v. 9, n. 16, p. 77–94, 2017. DOI: 10.31639/rbpfp.v9i16.163. Disponível em: https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/163. Acesso em: 17 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos