O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • Os artigos devem conter de 35 a 50 mil caracteres (com espaços) incluindo os resumos, as referências bibliográficas e as notas, digitados no Word (.doc) ou programa compatível de editoração, fonte: Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento duplo. Figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

Os artigos submetidos à RBPFP - "Formação Docente" serão apreciados pelo Conselho Editorial Executivo quanto à pertinência dos mesmos à Linha Editorial do periódico, sua adequação aos requisitos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e às demais instruções editoriais.

  1. A Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores – Formação Docentes (RBPFP) aceita para publicação artigos inéditos na área de Educação e Ensino e áreas afins, que tratem dos temas delineados em seu escopo, resultantes de estudos teóricos, ensaios, pesquisas sobre o campo da Formação de Professores. Necessariamente um dos autores deverá ter o título de Doutor. O artigo poderá ter no máximo três autores.
  2. A Revista declara que os conceitos e posicionamentos emitidos nos textos publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do Corpo Editorial desta revista. O tratamento ético da pesquisa sobre a qual o artigo se refere é de responsabilidade dos autores.
  3. Os artigos podem ser submetidos em português, inglês, espanhol e francês. Os textos em língua estrangeira devem ser submetidos já devidamente revisados, sobre a responsabilidade do autor. Poderá se objeto de tradução para a língua portuguesa por decisão da equipe editorial em tratativas com o/os autor/es. A Revista, a juízo da Equipe Editorial, pode reeditar, em português, artigos internacionais de grande relevância teórica ou metodológica para a área, que tenham sido publicados em  outros veículos de divulgação acadêmica, com a devida autorização do autor ou de quem detém os direitos autorais.
  4. Os artigos devem conter de 35 a 50 mil caracteres (com espaços) incluindo os resumos, as referências bibliográficas e as notas, digitados no Wordou programa compatível de editoração, fonte: Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento duplo. O texto deve ser alinhado à esquerda e as margens não devem ser inferiores a 3 cm. As palavras estrangeiras devem ser grafadas em itálico, neologismo e/termos incomuns deve ser grafado entre 'aspas' simples.
  5. A publicação de artigos está condicionada a pareceres de membros do Conselho Editorial Consultivo e colaboradores ad hoc. A seleção de artigos para publicação toma como critérios básicos sua contribuição à educação e à linha editorial da Revista, a originalidade do tema ou do tratamento dado a ele, assim como a consistência e o rigor da abordagem teórico-metodológica.
  6. Eventuais modificações de estrutura ou de conteúdo, sugeridas pelos pareceristas ou pelo Conselho Editorial Executivo, só serão incorporadas mediante concordância dos autores.
  7. As Entrevistasdevem ser com autoridades que vêm apresentando trabalhos inéditos, de relevância nacional e internacional, na área específica da Formação de Professores, com o propósito de manter o caráter de atualidade da Revista ou promover o debate no campo da formação de Professores. A decisão de publicação desta seção é restrita ao Conselho Editorial Executivo.
  8. Os originais, para serem submetidos à aprovação, devem ser enviados através do sistema de submissão online: http://www.revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp "Sem identificação de autoria". Os dados de identificação devem ser incluídos apenas no site da revista, durante o processo de submissão.
  9. As normas de referências bibliográficas seguidas pela Revista são as da ABNT e devem se restringir ao material citado no corpo do texto. As citações de fontes, diretas ou indiretas, devem ser inseridas no corpo do texto (AUTOR, data, página). As notas, quando necessárias, devem seguir no final do texto com numeração sequencial em algarismos arábicos e antes das referências bibliográficas. As referências de material e fontes eletrônico/digitais devem citar o endereço (Web Siteou Home Page) seguida da data de acesso (Acesso em: 25 Fev. 2017).
  10. As menções a autores, no correr do texto, devem subordinar-se à forma (Autor, data) ou (Autor, data, p.), como nos exemplos: (ANDRE, 2010) ou (BRZEZINSKI, 2010, p. 186). Diferentes títulos do mesmo autor, publicados no mesmo ano, deverão ser diferenciados adicionando-se uma letra depois da data, por exemplo: (GARCIA, 1995a), (GARCIA, 1995b).
  11. As Referências devem conter, exclusivamente, os autores e textos citados no trabalho e serem apresentadas ao final do texto, em ordem alfabética, obedecendo às normas atualizadas da ABNT, NBR 6023. Matérias que não contenham as referências, ou que as apresentem de forma incorreta, não serão consideradas para exame e publicação.
  12. As notas devem ser exclusivamente explicativas. Todas as notas deverão ser numeradas e aparecer no final do texto (usar comando automático do processador de textos).
  13. Todos os artigos devem conter título, indicação de três palavras-chave e resumos (em português, inglês e espanhol ou francês). Cada resumo deve ter entre 600 e 1.000 caracteres com espaços.
  14. Eventuais ilustrações, com respectivas legendas, e foto/capa do primeiro autor devem ser apresentadas separadamente, em formato JPG, TIF, WMF ou EPS, com indicação, no texto, do lugar onde serão inseridas.
  15. Uma vez publicados os trabalhos, os direitos autorais se mantem com o/os autor/res, todavia, a tradução e republicação em outros veículos e a sua posterior reprodução deve ser feita com a devida citação da primeira fonte da publicação na Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores – Formação Docente (RBPFP).

Orientação para a formatação dos textos:

  1. Digitar todo o texto na fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço duplo, sem fontes diferentes para títulos e seções.
  2. Utilizar em negrito e letra maiúscula para o título principal; os subtítulos das seções serão em negrito utilizando-se o mesmo tamanho de fonte.
  3. Para ênfase ou destaque, no interior do texto, utilizar apenas itálico; assinalar os parágrafos com um único toque de tabulação e dar “Enter” apenas no final do parágrafo.
  4. Separar títulos de seções do texto com um duplo “Enter” .
  5. Para as citações longas, usar a fonte Times New Roman, tamanho 11, separadas do texto principal com Enter simples e recuo de 4 cm da margem esquerda.
  6. Os artigos que não obedecerem rigorosamente às normas de publicação serão recusados pela forma e devolvidos com justificativa.

Orientações para a aplicação das Normas da ABNT nas referências:

Livros com um autor

DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. Formação de professores: pesquisas, representações e poder. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

Livros com até três autores

ANDRÉ, M.; BARRETO, E. S.; GATTI, B. A. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: UNESCO, 2011. 269p.

Livros com mais de três autores

FARIAS, M. I. Sabino de. [et al]. Pesquisa em Rede: Diálogos de formação em contexto coletivo de conhecimento. Fortaleza: EdUECE, 2018.

Artigos

BRZEZINSKI, I.; GARCIA, C. M. Formcaión y valorización de profesores en el Plan Nacional de Educación (Brasil/2014-2024) y el Plan de Educación de Andalucia/España(2014): aproximaciones y destanciamientos. In Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores – Formação Docente, Belo Horizonte, v. 08, n. 14, p. 13-32, jan./jun. 2016. Disponível em http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br

Capítulo de livro

NÓVOA, A. Formação de Professores e a profissão docente. In: NÓVOA, Antônio (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Don Quixote, 1992, p. 15-34.

Teses

HOBOLD, Márcia de Souza. A Constituição das formas Identitárias dos professores/chefes de departamentos dos cursos de licenciatura, 2008. 187f. Tese (Doutorado em Educação) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – São Paulo, 2008.

Trabalhos apresentados em congressos

JARDILINO, J.R.L. Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica: uma pesquisa com supervisores do PIBID – Ceará, São Paulo e Minas Gerais. In. 38ª RN DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO – ANPED. GT08 – Trabalho Encomendado. São Luiz, Maranhão, 2017, p.1-5. Disponível in http://38reuniao.anped.org.br/programacao/2?field_prog_gt_target_id_entityreference_filter=11 acesso em 24/5/2018.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.