Sobre

A “Formação Docente” – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, publicação digital sob a responsabilidade editorial do Grupo de Trabalho- GT “Formação de Professores” (GT08), da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), em coedição com a Editora Autêntica.

A criação do GT08 – inicialmente denominado “GT Licenciaturas” – teve como cenário o final da década de 1970, início de 1980, momento histórico em que os movimentos sociais se constituíram de forma mais vigorosa e alcançaram legitimidade para abrir novos canais de debates e de participação nas decisões do Estado autoritário. Nesta ocasião, uma crise se enveredava pelas Licenciaturas visto que estava em vigência um modelo de formação, sustentado na teoria tecnicista e atrelado ao chamado “currículo mínimo nacional”.

Nesse contexto, os educadores formaram uma frente de resistência ao modelo tecnicista de formação de professores e passaram a apresentar propostas de mudanças no modelo vigente. Tais ações impulsionaram a mobilização de alguns profissionais da educação que, durante o I Encontro Nacional de Reformulação dos Cursos de Preparação de Recursos Humanos para a Educação, em Belo Horizonte, em novembro de 1983, firmaram um acordo com membros da Diretoria da ANPEd para se organizar um GT que viesse a tratar das questões que afetavam a formação de educadores.

Lançada a proposta, o “GT Licenciaturas” se constituiu e, no ano seguinte, reuniu-se na 7ª Reunião Anual (RA) da ANPEd, em Brasília, no ano de 1984. Foram aprofundadas as discussões para elaborar propostas de formação para as licenciaturas e para o curso de Pedagogia com base nos princípios e orientações contidos no documento final do encontro nacional de Belo Horizonte e, em 1985, ocorreu, em São Paulo, a 8ª RA. Nesta, o GT estruturado de forma mais compatível com as recomendações da ANPEd, organizou uma sessão para análise de pesquisas sobre o assunto.
Em 1993, configurou-se uma nova identidade teórico-metodológica para o Grupo de Trabalho que passou a chamar-se GT08 “Formação de Professores”, delineando o ethos do renovado GT.
As primeiras ideias sobre a Revista “Formação Docente” surgiram no começo da década 2000, no entanto, foi na 30ª RA que se conferiu maior materialidade à ideia e, em 2008, por ocasião do XIV Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino (ENDIPE), em Porto Alegre, pesquisadores do GT08 encaminharam decisões substantivas sobre a criação da Revista, tendo como seu primeiro editor o Prof. Dr. Júlio Emilio Diniz Pereira, da Universidade Federal de Minas Gerias, e membro do GT.

“Formação Docente”– Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, é um canal de divulgação da produção e pesquisa no campo da Formação de Professores, em diálogo interdisciplinar com as contribuições de pesquisas realizadas pelas áreas correlatas que tratam da mesma temática. Visa, em especial, fomentar e facilitar o intercâmbio nacional e internacional do seu tema objeto. A Revista é dirigida ao público de professores, pesquisadores e estudantes das áreas de Educação e ciências afins.

É com imenso prazer que apresentamos, então, ao público interessado, a “Formação Docente” – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores e esperamos uma participação efetiva dos colegas pesquisadores para que este periódico possa contribuir para a melhoria da qualidade da produção acadêmica nesse campo e, por via de consequência, para a melhoria da própria formação de educadores em nosso país.

Comissão editorial e Coordenação do GT Formação de Professores – ANPED.

Periodicidade

A “Formação Docente” – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores (RBPFP) a partir do volume 11 (2019) assume a periodicidade quadrimestral com Edições Regulares nos meses de abril, agosto e dezembro. No caso de Edições Especiais serão determinadas pela Comissão Editorial Executiva sob demanda, quando aprovadas, obedecerão aos mesmos critérios que regem sua política de avaliação em Edições Regulares.

Política de Acesso Livre

Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores não cobra taxa de submissão e publicação para autores e oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público em geral, proporciona maior democratização mundial de acesso ao conhecimento.

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saibamais em https://www.lockss.org/