Em foco: A gestão das relações em sala de aula

Autores

  • Maricéa do Sacramento Santos professora da Educação Básica da Rede Pública Estadual (SEE/MG)
  • Carlos Henrique de Gerken Universidade Federal de São João del Rei-MG
Abstract views: 358 / PDF downloads: 494

Palavras-chave:

Afetividade, Dificuldade de Aprendizagem, Prática Pedagógica, Sucesso Escolar

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar as relações interpessoais estabelecidas entre os atores sociais (professora, alunos e suas famílias) que protagonizam uma prática pedagógica bem-sucedida no contexto de uma escola pública, focalizando a gestão das relações em sala de aula e destacando a afetividade como uma das condições determinantes para a superação de dificuldades de aprendizagens, elevação da autoestima e alcance do sucesso escolar por sujeitos socialmente vulneráveis e fadados ao fracasso em razão de seus históricos escolares anteriores. Baseia-se nos dados do trabalho de pesquisa intitulado Reflexões e prática de uma professora bem-sucedida, apresentado em forma de dissertação de mestrado ao Programa de Pós-Graduação da UFSJ (2010), cujo propósito foi compreender o saber fazer da docente, focalizando os seguintes aspectos: a dimensão institucional, a gestão das relações em sala de aula, o planejamento do trabalho diversificado e a opção pela avaliação diagnóstica da aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAMOVAY, Miriam (Coord.). Escolas inovadoras: experiências bem-sucedidas em escolas públicas. Brasília: UNESCO, 2003.
ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. Representações do trabalho do professor nas séries iniciais: a produção do sentido da dedicação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília [s.n.], v. 89, n. 223, p. 522-534, set./dez. 2008.
AMBROSETTI, N. B. O “Eu” e o “Nós”: trabalhando com a diversidade em sala de aula. In: ANDRÉ, Marli (Org.). Pedagogia das diferenças em sala de aula. São Paulo: Papirus, 1999.
BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução de Luiz Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 1994.
CRAHAY, Marcel. Qual pedagogia para alunos em dificuldade escolar? Tradução de Neide Luzia de Resende. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 130, p. 181-208, jan.-abr. 2007.
CUNHA, Maria Isabel da. O bom professor e sua prática. Campinas: Papirus, 1997. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico).
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2002.
GATTI, Bernadete Angelina. (Org.). Relatório do Seminário Internacional “Construindo caminhos para o sucesso escolar. Brasília: UNESCO, INEP, MEC, 2008.
KRAMER, S.; ANDRÉ, M. E. D. A. Alfabetização: um estudo sobre professores das camadas populares. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 65, n. 151, p. 523-537, set./dez. 1984.
LADSON-BILLINGS, Glória. Os guardiões de sonhos: o ensino bem-sucedido de crianças afro-americanas. Tradução de Cristina Antunes. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008.
PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores – saberes da docência e identidade do professor. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 72-89, jul./dez. 1996.
PIMENTA, Selma Garrido. Pesquisa-ação-crítico-colaborativa: construindo seu significado a partir de experiências com a formação docente. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 521/529, set.-dez. 2005.
PIMENTA, Selma Garrido.; GHEDIN, Evandro (Org.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2008.
SANTOS, Maricéa Sacramento. Reflexões e prática de uma professora bem-sucedida. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de São João del Rei, São João del Rei, 2010.
SCHÖN, Donald A. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Nova Enciclopédia, 1995.
SCHÖN, Donald A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Tradução de Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.
TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, Belo Horizonte, n. 13, p. 5-24, 2000.
TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.
ZEICHNER, Kenneth M. A formação reflexiva de professores: ideias e práticas. Lisboa: EDUCA, 1993.
ZEICHNER, Kenneth M. Uma análise crítica sobre a “reflexão” como conceito estruturante na formação docente. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v. 29, n. 103, p. 535-554, maio/ago. 2008.

Downloads

Publicado

2010-12-18

Como Citar

SANTOS, M. do S.; GERKEN, C. H. de. Em foco: A gestão das relações em sala de aula. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 108–120, 2010. Disponível em: https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/21. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos