Entre teoria e prática

Desafios do estágio curricular no curso de pedagogia da UFPA no Marajó em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31639/rbpfp.v14i31.600
Abstract views: 209 / PDF downloads: 332

Palavras-chave:

Formação Inicial. Estágio curricular. Interdisciplinaridade. Integração. Prática.

Resumo

Com a obrigatoriedade de distanciamento social para combater o Novo Coronavírus (SARS-CoV-2), as atividades presenciais nas universidades precisaram ser reconfiguradas e adequadas ao formato remoto. Assim, o Estágio Curricular em Gestão na Escola e Coordenação Pedagógica, Estágio Curricular em Docência no Ensino Fundamental e o Estágio Curricular em Docência na Educação Infantil do curso de Pedagogia da Faculdade de Educação e Ciências Humanas (FECH) do Campus Universitário do Marajó-Breves (CUMB), da Universidade Federal do Pará (UFPA) foram realizados entre fevereiro a junho de 2021 por meio do Ensino Remoto Emergencial (ERE). As atividades envolveram dinâmicas de aprendizagem que valorizassem o planejamento, a pesquisa, a ética e a reflexão crítica sobre a prática docente. Neste texto, socializamos parte desse exercício, com o intuito de refletir a prática de estágio adotada no curso de Pedagogia da UFPA/Breves em tempos de pandemia, bem como pontuar os desafios impostos à formação inicial de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
 PlumX Metrics

Referências

ARAUJO, Ronaldo Marcos de Lima; FRIGOTTO, Gaudêncio. Práticas pedagógicas e ensino integrado. Revista Educação em Questão, v. 52, n. 38, p. 61-80, maio/ago. 2015.

ARROYO, Miguel. Ofício de Mestre: imagens e autoimagens. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

BRASIL. Portaria MEC nº 544, de 16 de junho de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020. Diário Oficial da União, Brasília-DF, Edição 114, Seção 1, p. 62, 17 jun. 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-544-de-16-de-junho-de-2020-261924872. Acesso em: 20 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP nº 2, de 10 de dezembro de 2020. Institui Diretrizes Nacionais orientadoras para a implementação dos dispositivos da Lei nº 14.040, de 18 de agosto de 2020, que estabelece normas educacionais excepcionais a serem adotadas pelos sistemas de ensino, instituições e redes escolares, públicas, privadas, comunitárias e confessionais, durante o estado de calamidade reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020. Diário Oficial da União, Brasília-DF, Edição 237, Seção 1, p. 52, 11 dez. 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/resolucao-cne/cp-n-2-de-10-de-dezembro-de-2020-293526006. Acesso em: 20 jan. 2022.

BRASIL. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 20 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP nº 2, de 20 de dezembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Diário Oficial da União, Brasília-DF, Seção 1, p. 46-49, 15 abr. 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2019-pdf/135951-rcp002-19/file. 10 nov. 2021.

BRASIL. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, e a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996; revoga as Leis nos 6.494, de 7 de dezembro de 1977, e 8.859, de 23 de março de 1994, o parágrafo único do art. 82 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e o art. 6o da Medida Provisória no 2.164-41, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 26 set. 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm. 10 nov. 2021.

CARVALHO, Anna Maria Pessoa. Estágio nos cursos de licenciatura. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

CIAVATA, Maria. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In: FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATA, Maria; RAMOS, Marise (Org.). Ensino médio integrado: concepções e contradições. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2010. p. 83-103.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade: qual o sentido? São Paulo: Paulus, 2003.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. Campinas, SP: Papirus, 2011.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

LIBÂNEO, José Carlos. A aprendizagem escolar e a formação de professores na perspectiva da psicologia histórico-cultural e da teoria da atividade. Educar, Curitiba, n. 24, p. 113-147, 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/hd8NXbRPrMqkY6JLMW3frDP/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 12 mar. 2022.

OLIVEIRA, Zilma Ramos de. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

PIMENTA, Selma Garrido. O estágio na formação de professores: unidade teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1997.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e Docência. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. Resolução n. 4.399, de 14 de maio de 2013. Aprova o Regulamento do Ensino de Graduação da Universidade Federal do Pará. Disponível em: https://www.aedi.ufpa.br/parfor/arquivos/legislacao/4399%20Reg%20Gradua%C3%A7%C3%A3o.pdf. Acesso em: 20 fev. 2022.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. Resolução n. 4.262, de 22 de março de 2012. Institui o Regulamento para a realização dos Estágios Supervisionados, obrigatórios e não obrigatórios, dos Cursos de Graduação da UFPA. Disponível em: https://aedmoodle.ufpa.br/...Regimento_de_Estagio_da_Universidade_Federal_do_Para.pdf. Acesso em: 20 fev. 2022.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. Resolução n. 5.294, de 21 de agosto de 2020. Aprova, de forma excepcional e temporária, o Ensino Remoto Emergencial em diferentes níveis de ensino para os cursos ofertados pela Universidade Federal do Pará, em decorrência da situação de pandemia do novo Coronavírus – COVID-19, e dá outras providências. Belém, 2020. Disponível em: http://proeg.ufpa.br/images/Artigos/Normas/Resolucao_5294_2020_CONSEPEAprovaoEREnaUFPA.pdf. Acesso em: 20 fev. 2022.

Downloads

Publicado

2022-12-15

Como Citar

CARVALHO DE MATOS, C.; CAETANO, V. N. D. S.; MIRANDA COSTA, E. Entre teoria e prática: Desafios do estágio curricular no curso de pedagogia da UFPA no Marajó em tempos de pandemia. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, [S. l.], v. 14, n. 31, p. 171–182, 2022. DOI: 10.31639/rbpfp.v14i31.600. Disponível em: https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/600. Acesso em: 17 abr. 2024.