NUPEDOC: Formação Humana, Arte, Infância e Pesquisa

  • Luciane Maria Schlindwein UFSC
  • Ilana Laterman UFSC
  • Joselma Salazar de Castro Prefeitura Municipal de Florianópolis
Palavras-chave: Formação de professores; infância; psicologia histórico-cultural

Resumo

O núcleo de pesquisa tem como eixo central dos estudos a formação de professores para a infância e atua na linha de pesquisa Educação e Infância do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGE/UFSC). Os estudos e pesquisas fundam-se na perspectiva histórico-cultural com foco na escola, na cultura, na arte, na estética e em suas relações com a formação humana e a ação do professor e seus desdobramentos. O Núcleo de Formação de Professores, Escola, Cultura e Arte (NUPEDOC) vem se organizando a partir de quatro eixos: a) formação inicial e continuada de professores para a infância; b) prática de ensino como co-formadora (ênfase na relação escola/universidade); c) desenvolvimento estético de professores e crianças; d) reflexões conceituais e metodológicas pautadas nos pressupostos teóricos e metodológicos de Vigotski e Bakhtin.

Biografia do Autor

Ilana Laterman, UFSC

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1986), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004). Atualmente é professor da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em processos de ensino, de aprendizagem e de socialização no cotidiano na escola de ensino fundamental, atuando principalmente nos seguintes temas: processos escolares, anos iniciais do ensino fundamental, ensino-aprendizagem, cotidiano escolar, fracasso e sucesso escolar,campo de possibilidades do ensino, perspectiva lúdica no ensino.

 

Joselma Salazar de Castro, Prefeitura Municipal de Florianópolis

Possui Doutorado em Educação na Linha de Pesquisa Educação e Infância do Programa de Pós Graduação em Educação na Universidade Federal de Santa Catarina (PPGE/UFSC). Realizou estágio doutoral na Università degli Studi di Pavia/Itália ? Dipartimento degli Studi Umanistici, no período entre dezembro de 2014 ? setembro de 2015, com ênfase na formação de professores para a educação infantil e para educação das crianças de 0 a 3 anos. Possui Mestrado em Educação (2011) pelo (PPGE/UFSC) e Linha de Pesquisa: Educação e Infância. É integrante do Núcleo de Pesquisa Formação de Professores, Escola, Cultura e Arte - NUPEDOC (UFSC; UNIVILLE; FURB; PUC PR; PUC SP) da UFSC. Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) com Habilitação em Educação Infantil (2007) e Habilitação em Supervisão Escolar (2006). É servidora municipal no cargo de Supervisora Escolar na Educação Infantil na Rede Municipal de Educação de Florianópolis-SC, trabalhando com formação continuada e acompanhamento de processos pedagógicos. Possui experiência na área da Educação, com ênfase na Educação Infantil; educação de 0 a 3 anos; formação de professores com abordagem epistemológica voltada à infância, especialmente de 0 a 5 anos; estudos da linguagem e práticas pedagógicas.

Referências

BAKHTIN, M. A Estética da Criação Verbal. São Paulo, Martins Fontes, 2003.

BIGATON, Roslei Aparecida Sinderski. Perfil Social, Economico e Cultural dos Professores do Município de Balneário Camboriú. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí.

BONFATI, C. O estágio na formação de professoras para a educação infantil: as significações das estagiárias do curo de pedagogia. 2017. Doutorado em Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, UFSC, Florianópolis, 2017.

CASTRO, J. S. de. A docência na educação infantil como ato pedagógico. 2016. Doutorado em Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, UFSC, Florianópolis, 2016.

HELLER, A. O Cotidiano e a História. São Paulo: Editora Paz e Terra, 1992.

GUINZBURG, C. Mitos, emblemas, sinais: morfología e história. Trad, de Frederico Carotti. São Paulo: Cia. das Letras 1989

KOZULIN, Alex. La Psicologia de Vygotsky. Madrid, Alianza, 1994.

LATERMAN, I. Ação Docente e Campo de Possibilidades: configuração nos contextos institucional, político e social. Anais da 28 Reunião ANPED. Caxambu:2005. GT: Sociologia da Educação / n.14.

LATERMAN, I. Ação docente nos anos iniciais do ensino fundamental: entre tantas possibilidades. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 13, n. 1, p. 05-18, jan./abr. 2010.

LATERMAN, I.; NUNES, C. M. Brincar e estudar: para além das dicotomias tradicionais. In: Diana Carvalho De Carvalho; Ilana Laterman; Leandro Belinaso Guimarães; Nelita Bertolotto. (Org.). Relações interinstitucionais na formação de professores. 1ed. Araraquara: Junqueira e Marins, 2009, v., p. 31-48.

LATERMAN, I. Que os professores perguntem, testem e brinquem. In: X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia, 2009, BRAGA. Actas do X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Centro de Investigação em Educação (CIEd) Universidade Minho, 2009. v. 1. p. 1246-1257.

LATERMAN, I. Nas asas de freinet: a voz e a vez de todos na vida da escola. In.: Laterman e Agostinho (org.) Perspectivas do estágio curricular na formação docente: educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental. Florianópolis: NUP, 2017. P 207-222.

MACHADO, Maristela Vanzuita. Professora: sujeito em formação. 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, 2005.

NADALETO, Cristiane. Prática de Ensino, Emoção e Afeto. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Bolsa CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

OSTROWER, Fayga. Criatividade e Processos de Criação. São Paulo, Vozes, 2007.

PETRI, Claudia Maria. Olhares, Significações e Silêncios: a Produção de Conhecimentos na Prática de Ensino. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Bolsa CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Orientadora: Luciane Maria Schlindwein.

PFEIFFER, Karl L. Estética, ou: Proust pode hoje encontrar Farinelli? Revista Filosofia Política – Departamento de Filosofia, Curso de Pós-Graduação em Filosofia IFCH/UFRGS. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001. Série III, n.2, p. 86-102.

PINO, Angel, Imaginário e Produção Imaginária: Reflexões em Educação. In: DA ROS, S.Z.; MAHEIRE, K.;ZANELLA, A.V. (Org). Relações estéticas, atividade criadora e imaginação: Sujeitos e (em) experiência. Florianópolis: NUP/CED/UFSC, 2006.

ROLDÃO, Maria do Céu. Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação, v. 12 n. 34 jan./abr. 2007 p. 94-103.

SCHLINDWEIN, Luciane Maria. Perfil dos professores das séries iniciais no município de Balneário Camboriú. 2004a. Relatório de Pesquisa (PIPG).

SCHLINDWEIN, Luciane Maria. Perfil Social Econômico e Cultural dos Professores das Séries Iniciais do Município de Itajaí. 2004b. Relatório de Pesquisa (PIBic).

SCHLINDWEIN, L. M. Formação de Professores, memória e imaginação. In: DA ROS, Silvia Z; MAHEIRIE, Kátia; ZANELLA, Andréa Vieira. (org.) Relações estéticas, atividade criadora e imaginação: sujeitos e (em) experiência. Florianópolis: NUP/CED/UFSC, 2006.

SCHLINDWEIN, Luciane Maria. 2005. Imaginação e Arte na Formação de Professores do Ensino Fundamental. 2005. Relatório de Pesquisa (PIBic).

SCHLINDWEIN, Luciane Maria. 2006-2008. A Formação Estética do Professor do Ensino Básico: o papel da música. Pesquisa em andamento financiada pelo edital Universal da FAPESC.

SCHLINDWEIN, L. M. & NADALETO, C. Memoriais como instrumentos de Pesquisa e Tomada de Consciência. In: Ética e Metodologia: Pesquisa na Educação. Coleção Plurais Educacionais, 1ª ed. Itajaí: Editora UNIVALI e Editora Maria do Cais, 2006, v. 4.

SOARES, Maria Luiza Passos. Educação Estética – Investigando Possibilidades a Partir de um Grupo de Professoras. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí. Orientador: Angel Pino Sirgado.

VIGOTSKI, L. S. As bases da pedologia. Leningrado, Editora do Instituto Pedagógico de Leningrado, 1935. // Vigotski, L. S. Aulas sobre pedologia. 1933-1934. Iviejsk, Editora da Universidade de Udmursk, 1996. Tradução de Márcia Pileggi Vinha (do original em russo).

VYGOTSKY, L.S. Obras Escogidas, Vol. III. Madrid: Visor, 1995.

VIGOTSKY, L. S. A Construção do Pensamento e da Linguagem. São Paulo, Martins Fontes, 2001.

VIGOTSKI, L. S. A Educação Estética. In: Psicologia Pedagógica. Porto Alegre, Artmed, 2003. cap. 13, p.225-248.

VIGOTSKI, L. S. Psicologia da Arte. São Paulo, Martins Fontes, 1999.

VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas. Madrid, Visor, 1982.
Publicado
31-12-2018
Como Citar
SCHLINDWEIN, L.; LATERMAN, I.; CASTRO, J. NUPEDOC: Formação Humana, Arte, Infância e Pesquisa. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 10, n. 19, p. 67-84, 31 dez. 2018.
 PlumX Metrics