Marli André – O legado de uma mulher intelectual do nosso tempo e espaço

  • Eurize Pessanha Universidade Federal da Grande Dourados

Resumo

Este texto buscou evidenciar o legado da mulher intelectual Marli André nas palavras com que teceu os textos em que disseminou suas ideias e influenciou muitos pesquisadores das áreas de Didática, Prática e Formação de Professores, Pesquisa Qualitativa. Foram analisados os títulos dos 111 artigos publicados em periódicos registrado no Currículo Lattes da pesquisadora para verificar como os títulos de suas publicações e os veículos em que publicou enunciam a trajetória desta pesquisadora. Conclui-se que Marli André é uma mulher intelectual da educação cujo legado vai além dos seus escritos pois os grupos de pesquisa que criou e dos quais participou, seus alunos e orientandos continuam gerando produção intelectual e formando novos pesquisadores e professores consolidando tal legado. Enuncia-se a proposta de dar continuidade a este trabalho de analisar a trajetória da produção do conhecimento da mulher intelectual da educação do nosso espaço e do nosso tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, C. D. de, Poesia e Prosa em um volume. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar, 1979.

ANDRE, M. E.D.A. A Abordagem Etnográfica: Uma Nova Perspectiva na Avaliação Educacional. In Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, v. 24, p. 9-12, 1978.

ANDRE, M. E.D.A.. Análise de pesquisas sobre Formação de professores: um exercício coletivo. In Psicologia da Educação, São Paulo, v. 10/11, p. 139-153, 2000.

ANDRE, M. E.D.A.. A Complexa Relação entre Pesquisa e Políticas Públicas no Campo da Formação de Professores. In Educação (PUCRS), Porto Alegre, v. 32, p. 270-276, 2009.

ANDRE, M. E.D.A.. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. In Educação (PUCRS), v.33, p. 06-18, 2010.

ANDRE, M. E.D.A.. Políticas de apoio aos docentes em estados e municípios brasileiros: dilemas na formação de professores. In Educar em Revista , Curitiba, v. 50, p. 35-49, 2013.

ANDRÉ, Marli. Políticas de valorização do trabalho docente no Brasil: algumas questões. In Ensaio (FundaçãoCesgranrio), Rio de Janeiro, v. 23, p. 213-230, 2015.

ANDRE, M. E.D.A.; ANDERSON, T. . The Development and Evaluation of a Self Questioning Study Tecnique. In Readingresearch Quaterly, Newark/DE-USA, v. 14, n.4, p. 605-623, 1979.

ANDRÉ, M. A jovem pesquisa educacional brasileira (, 2006). In Diálogo Educ., Curitiba, v. 6, n.19, p.11-24, set./dez. 2006.

ANDRE, M. E.D.A.; O que dizem as pesquisas nas salas de aula do Primeiro Grau?. In Forum Educacional, Rio de Janeiro, n.4, p. 83-91, 1978.

ANDRE, M. E.D.A.; Um estudo da interação professor aluno na segunda série do primeiro grau. In Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas), São Paulo: n.28, p. 21-25, 1979.

CERTEAU, M. de. A escrita da história (2a ed.). Rio de Janeiro: Forense Universitária. 2002.

CRUZ, Giseli B.; ANDRE, M. E.D.A. O Ensino de Didática e o aprendizado da docência na visão de professores formadores. In Revista Diálogo Educacional (PUCPR) Curitiba. 12, p. 77-99, 2014.

HOUAISS, A. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Objetiva Ltda, 2009

LACERDA, CECILIA ROSA ; ANDRE, MARLI ELIZA . Mestrados profissionais em rede: contribuições e desafios para a formação docente. In Revista da FAEEBA- educação e contemporaneidade, Salvador, v. 29, p. 45-60, 2020.

MAGALHÃES, J. Intelectuais e história da educação em Portugal e Brasil. In Cadernos de História da Educação, Uberlândia, v.15, n.1, p. 299-322, jan.-abr. 2016.

MEIRELLES, C. Obra Poética. 2a Ed. Rio de Janeiro: José Aguilar Editora, 1967.

MICELI, S. “Intelectuais e Classes Dirigentes no Brasil (1920-45)”, in Inteectuais à Brasileira. São Paulo, Companhia das Letras, pp. 69-291. 1979.

ORLANDO, E. de A.). Mulheres Intelectuais: onde elas estão em nossa História? In Intelectuais e Educação: contribuições teóricas à História da Educação, Evelyn de Almeida Orlando; Peri Mesquida (Orgs.) -- Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2021

PESSANHA, E. C. Professor primário: ascensão e queda de uma categoria profissional filiada às camadas médias, Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade de São Paulo. 1992.

PESSANHA, E. C. Marli Elisa Dalmazo Afonso de André: rigor e trabalho coletivo legitimam a pesquisa. In BARRETTO, E. S. DE S. FCC, CONSELHO ; CRUZ, G. B. da ; LUDKE, M. ;. MARLI ANDRE. CADERNOS DE PESQUISA, São Paulo: v. 51, p. 1-21, 2021

SIRINELLI, J. F. Os intelectuais in: RÉMOND, René. Por uma história política. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ/Ed. FGV, 1996.

XAVIER, L. N.. Interfaces entre a história da educação e a história social e política dos intelectuais: conceitos, questões e apropriações. In: GOMES, Angela Maria de Castro; HANSEN, Patrícia Santos (Org.). Intelectuais mediadores: práticas culturais e ação política. 1. ed. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2016.
Publicado
2021-12-01
Como Citar
PESSANHA, E. Marli André – O legado de uma mulher intelectual do nosso tempo e espaço. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 13, n. 28, p. 67-78, 1 dez. 2021.