Um passo importante no desenvolvimento profissional dos professores: o ano de indução

Autores

  • Isabel Alarcão
  • Maria do Céu Roldão
Abstract views: 1486 / PDF downloads: 1094

Palavras-chave:

Indução, Ano probatório, Formação em contexto, Supervisão

Resumo

O conhecimento do terreno e a pesquisa evidenciam as dificuldades dos professores no confronto inicial com a realidade profissional, o que tem levado vários países a organizarem programas de indução, que têm assumido lógicas diferentes: obrigatórios versus facultativos; socialização acrítica versus desenvolvimento profissional; informalidade versus formalidade; ênfase na formação versus ênfase na avaliação. Tratando-se de formação em contexto de trabalho, situa-se no contínuo que une formação inicial e continuada. Vários fatores parecem influenciar o seu sucesso: apoio institucional através da qualidade dos mentores (que, na escola, acompanham os iniciantes); formação focalizada na atividade profissional; capacidade de autoformação; trabalho colaborativo com os pares; clima das escolas. Relata-se, de forma crítico-analítica, o programa desenvolvido para apoio à supervisão e investigação do período de indução dos docentes que, em 2009-2010, realizaram o seu ano probatório como requisito legislativo para acederem à carreira docente em Portugal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-31

Como Citar

ALARCÃO, I.; ROLDÃO, M. do C. Um passo importante no desenvolvimento profissional dos professores: o ano de indução. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, [S. l.], v. 6, n. 11, p. 109–126, 2014. Disponível em: https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/108. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos