As narrativas de professores sobre a escola e a mediação de um Grupo de Pesquisa-Formação

Autores

  • Leny Rodrigues Martins Teixeira Professora titular da Universidade Católica Dom Bosco e professora assistente da UNESP.
  • Flavines Rebolo É professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)
  • Maria Aparecida de Souza Perrelli Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)
  • Eliane Greice Davanço Nogueira Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Adriana Rodrigues Silva Universidade Anhanguera/Uniderp
Abstract views: 402 / PDF downloads: 1455

Palavras-chave:

Concepções de Escola, Formação de Professores, Narrativas Autobiográficas, Pesquisa-Formação

Resumo

O presente texto discute aspectos da formação profissional de um grupo de professores, com base na reflexão sobre as narrativas de suas histórias de vida e no âmbito de uma Pesquisa-Formação que teve como objetivos compreender os processos mediante os quais professores da Educação Básica se constituem como são e propiciar condições para que os envolvidos na pesquisa sejam conduzidos à reflexão, partilhada com os pares, sobre seus percursos formativos e as origens de suas práticas pedagógicas. A análise aqui apresentada desvela os diferentes olhares desses professores e suas percepções sobre a escola que conheceram como discentes, a que encontraram como professores e a que desejam para seus alunos. São também discutidas as concepções que permeiam o imaginário dos professores e a importância de transformar os relatos experienciais e relacionais, que aparecem de forma predominante nas narrativas, em atos reflexivos mais críticos que propiciem um processo de construção de um caminho possível para uma nova escola e um novo professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, J. F.; GONÇALVES, F. O. Educação narrativa de professores. Coimbra: Quarteto, 2001.
ANDRÉ, M. E. D. A. et al. Aprendizagens. In: PLACCO, V. M. N de S.; SOUZA, V. L. T. de. Aprendizagem do adulto professor. São Paulo: Edições Loyola, 2006. p. 83-88.
ANDRÉ, M. E. D. A. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educação, Porto Alegre, v. 33, n. 3, p. 174-181, set.-dez. 2010.
BERTAUX, D. Narrativas de vida: a pesquisa e seus métodos. Natal, RN:EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.
BRUNER, J. A cultura da educação. Porto Alegre: Artmed, 2001.
BUENO, B. O. O método autobiográfico e os estudos com histórias de vida de professores: a questão da subjetividade. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 28, n. 1, p. 11-30, jan.-jun. 2002.
CANÁRIO, R. A escola: lugar onde os professores aprendem. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, PUC, n. 6, p. 9-27, 1998.
CURY, H. N. Concepções e crenças dos professores de matemática: pesquisas realizadas e significado dos termos utilizados. Bolema, Rio Claro, v. 12, n. 13, p. 29-43, 1999.
FERRAROTTI, Franco. Sobre a autonomia do método biográfico. In: NÓVOA, A.; FINGER, M. (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, 1988. p. 17-34.
IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2000.
JOSSO, M. C. A transformação de si a partir da narração de histórias de vida. Educação, Porto Alegre, ano XXX, v. 3, n. 63, p. 413-438, set.-dez. 2007.
JOSSO, M. C. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.
JOSSO, M. C. As histórias de vida como territórios simbólicos nos quais se exploram e se descobrem formas e sentidos múltiplos de uma existencialidade evolutiva singular-plural. In: PASSEGGI, M. da Conceição (Org.). Tendências da pesquisa (auto)biográfica. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2008. p. 23-50.
MARCELO GARCIA, C. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.
SOUZA, E. C. Histórias de vida, escritas de si e abordagem experiencial. In: SOUZA, E. C.; MIGNOT, A. C. V. (Org.). Histórias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2008. p. 89-98.
TARDIF, M. A formação nos estabelecimentos escolares In: ENS, R. T.; VOSGERAU, D. S. R.; BEHRENS, M. A.(Org.). Trabalho do professor no espaço escolar. Curitiba:

Downloads

Publicado

2010-12-18

Como Citar

TEIXEIRA, L. R. M.; REBOLO, F.; PERRELLI, M. A. de S.; NOGUEIRA, E. G. D.; SILVA, A. R. As narrativas de professores sobre a escola e a mediação de um Grupo de Pesquisa-Formação. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 121–135, 2010. Disponível em: https://revformacaodocente.com.br/index.php/rbpfp/article/view/22. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos