Programa de Residência Pedagógica: conexões entre a formação docente e a Educação Básica

  • Alba Regina Battisti de Souza Souza UDESC
  • Lourival José Martins Filho UDESC
  • Rosa Elisabete Militz Wypyczynski Martins UDESC
Palavras-chave: Formação Docente, Programa de Residência Pedagógica, Relação Universidade e Escola

Resumo

 O artigo tem como objetivo problematizar e analisar as possíveis conexões promovidas pelo Programa de Residência Pedagógica (PRP) com a Educação Básica, considerando a formação inicial, a relação entre as instituições formadoras e a inserção dos licenciandos nas escolas. Como objeto de estudo, foram consideradas as experiências dos próprios autores, participantes do programa e docentes dos cursos de Geografia e de Pedagogia de uma instituição pública estadual de ensino superior. Documentos oficiais, institucionais e relatórios constituem os dados coletados. Os resultados do estudo demonstram que o PRP intensificou as relações com as escolas e a participação das professoras preceptoras possibilitou aos residentes uma contínua e ampliada convivência com o contexto escolar, aprimorando o processo formativo e fomentando a relação teoria e prática. O trabalho desencadeou uma série de problematizações quanto ao formato e abrangência do programa como uma política de formação docente.

PALAVRAS-CHAVE: Formação Docente. Programa de Residência Pedagógica. Relação Universidade e Escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lourival José Martins Filho, UDESC

Professor Doutor do departamento de Pedagogia e do Programa de Pós Graduação em Educação PPGE da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC.

Rosa Elisabete Militz Wypyczynski Martins, UDESC

Professora Doutora do Departamento de Geografia e do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade de Estado de Santa Catarina

Publicado
22-12-2020
Como Citar
SOUZA, A. R. B. DE S.; MARTINS FILHO, L. J.; MARTINS, R. E. M. W. Programa de Residência Pedagógica: conexões entre a formação docente e a Educação Básica. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 12, n. 25, p. 137-150, 22 dez. 2020.