O estágio supervisionado em ensino de ciências como espaço para a mobilização dos saberes docentes

  • Antonia Adriana Mota Arrais UnB/SEDF
  • Delano Moody Simões da Silva Faculdade UnB Planaltina
Palavras-chave: Saberes docentes. Estágio Supervisionado. Ensino de Ciências.

Resumo

O presente é dedicado a investigar indícios de mobilização/desenvolvimento dos saberes docentes nos licenciandos de Ciências Naturais a partir da disciplina de Estágio Supervisionado em Ensino de Ciências 1 da Faculdade UnB Planaltina (FUP/UnB).  Para o desenvolvimento da pesquisa, foram utilizados como instrumentos de coletas de dados os relatos de medos e expectativas quanto a realização do estágio e os portfólios elaborados pelos licenciandos, tais materiais constituíram o corpus da investigação e foram submetidos a Análise Textual Discursiva (ATD). Os resultados indicaram que ao longo do estágio foram mobilizados e desenvolvidos diversos saberes pelos licenciandos, influenciados pelas vivências e experiências no contexto da escola, mas também pelas trocas e reflexões provocadas pelos professores colaboradores e pelo supervisor de estágio na universidade. Esse contato entre jovens e experientes na profissão possibilita confrontar, validar, ressignificar e desenvolver diversos saberes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BACCON, A. L. P.; ARRUDA, S. M. Os saberes docentes na formação inicial do professor de física: elaborando sentidos para o estágio supervisionado. Ciência e Educação, p. 507-524. 2010.

BORGES, C. Saberes docentes: diferentes tipologias e classificações de um campo de pesquisa. Educ. Soc, 59-76, 2001.

BRASÍLIA. Atualização do Projeto Político Pedagógico do Curso de Ciências Naturais – Noturno. Faculdade UnB Planaltina - Universidade de Brasília, 2019.

FRACALANZA, H.; AMARAL, I. A.; GOUVEIA, M. S. F. O ensino de Ciências no Primeiro Grau. São Paulo: Atual, 1987.

GAUTHIER C. [et al]. Por uma teoria da pedagogia. Ijuí: Unijuí, 1998. 457p.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2011.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MARTINU, L.; SOUZA, I.; GOMES-DA-SILVA, P. Como saber se meu mundo de ideias daria certo na prática: o medo da docência no estágio supervisionado em educação física. Motrivivência, 40: 51-66, 2013.

MELLINI, C. K.; OVIGLI, D. F. B. Identidade docente: percepções de professores de biologia iniciantes. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, 2020.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise Textual Discursiva. 3ª ED. rev. ampl. Ijuí: Unijuí, 2016.

NÓVOA, António. Professores - imagens do futuro presente. LISBOA: EDUCA, 2009.

NÓVOA, António. Vidas de professores. 2a ed. Porto: Porto Editora, 2000.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e docência: diferentes concepções. Poíesis Pedagógica, 3(3 e 4), 5-24, 2006.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez Editora, 1999.

PINHEIRO, T. C.; WESTPHAL, M..; PINHEIRO, T. F. Abordagem CTS e os PCN-EM: uma nova proposta metodológica ou uma nova visão de mundo? In Anais do 5º Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Bauru, SP, Brasil, 2005.

PEDREIRA, A. J.; CARNEIRO, M. H. S. Uma boa aula de Biologia na percepção de estudantes do ensino médio. In: WELLER, W.; BENTO, A. L. Ensino Médio público no Distrito Federal: trabalho pedagógico e aprendizagem em sala de aula – Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2018.

RAZUCK, R. C. D. S.; ROTTA, J. C. G. O curso de licenciatura em Ciências Naturais e a organização de seus estágios supervisionados. Ciência & Educação (Bauru), 739-750, 2014.

ROTTA, J. C. G; FRANÇA, R. S. A formação reflexiva do professor de ciências naturais e o estágio supervisionado. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 509-571, 2018.

SILVA, D. M. S. D., FALCOMER, V. A. D. S., & PORTO, F. D. S. (2018). As contribuições do PIBID para o desenvolvimento dos saberes docentes: A experiência da Licenciatura em Ciências Naturais, Universidade de Brasília. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, 20.

SILVA, D. M. S.; PEDREIRA, A. J. Expectativas e medos de professores em formação: o papel do estágio supervisionado de ensino. Ensino em revista, 27(1), 118-137. 2020.

TARDIF, M. ; LESSARD, C.; LAHAYE, L. Les enseignants des ordres d’enseignement primaire et secundaire face aux savoir. Esquise d’une problématique du savoir enseignant, 55-70, 1991.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, Vozes, 325p. 2020.

ZANCUL, M. S. O estágio supervisionado de ensino segundo a percepção de licenciandos em Ciências Biológicas. Revista Simbiologias, 24-35, 2011.

ZEICHNER, K. M. Uma análise crítica sobre a" reflexão" como conceito estruturante na formação docente. Educação & Sociedade, v. 29, p. 535-554, 2008.
Publicado
15-04-2021
Como Citar
ARRAIS, A. A. M.; SILVA, D. M. S. DA. O estágio supervisionado em ensino de ciências como espaço para a mobilização dos saberes docentes. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 13, n. 26, p. 79-92, 15 abr. 2021.