A Pesquisa sobre o trabalho do professor no início da carreira profissional

  • Maria das Graças Chagas de Arruda Nascimento UFRJ
  • Yrlla Ribeiro Carneiro da Silva Instituto Nacional de Educação de Surdos
Palavras-chave: trabalho docente, formação de professores, professores iniciantes

Resumo

Este artigo visa apresentar o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Profissão e Formação Docente (GEPROD/UFRJ) e as pesquisas realizadas entre os anos de 2008 e 2017. O GEPROD vem se preocupando com o trabalho docente, sobretudo no início de carreira, bem como com as políticas de indução profissional e formação continuada. Nossas análises são realizadas a luz de autores que discutem o trabalho docente, a inserção e a indução profissional, tais como: Gatti, Barreto e André (2011); Nóvoa (2007); Dubar (1997); Huberman (2000); Tardif e Raymond (2000); Vaillant e Marcelo (2012), entre outros. Têm-se buscado compreender o trabalho docente segundo a perspectiva dos sujeitos participantes. Nesse sentido, os recursos metodológicos privilegiados têm sido as entrevistas, individuais e coletivas, o questionário e a consulta a documentos. Os resultados reafirmam a importância de uma atenção especial com professores que estreiam na profissão e a necessidade de ações sistemáticas de acompanhamento a esses professores. Evidenciam também a importância atribuída pelos sujeitos a uma formação continuada centrada nos problemas reais que afetam o trabalho docente.

Publicado
31-12-2018